Não consigo, não posso…


by

Para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior (Efésios 3:16).

Há diversas associações e grupos organizados em cada cidade. Há, porém, um que está presente por muitas gerações e uma grande maioria se agregou a ele. Me refiro a um grupo muito popular, denominado “Não posso”. Seus membros possuem um regulamento, cuja declaração principal é motivo de aceitação para filiação ao mesmo: “Não posso evitar odiar aquela pessoa depois de tudo o que ela me fez”. “Não posso deixar tal pecado”. “Não consigo perdoar outra vez”. Estas frases soam como uma lei inalterável, haja vista que são pronunciadas com tamanho fervor pelos membros do “Clube do não posso”. Se você pertence a tal time, seu juramento de lealdade deve fazer eco com o lema estampado nas placas da agremiação: “Não se pode vencer o pecado”. As pessoas que ali frequentam, devem crer no seu fundamento: “A derrota é normal”.

Da mesma maneira que todos nós estamos sujeitos à lei da gravidade, cujo conceito aponta para a força que atrai os corpos ao centro da terra, assim também, os membros do “Clube do não posso”, são atraídos para a derrota. Minha pergunta é: Você, como cristão, faz parte desse clube ou grupo? Estás preso a um pecado específico? Te parece impossível sair desse grupo e abandoná-lo de vez?

Veja bem: Deus não deseja que seus filhos tenham como lema de suas vidas o “não posso”. Quando alguém nasce de novo, o Senhor lhe dá o Seu Espírito Santo com o objetivo de lhe conceder auxílio e poder. Com isto, um tremendo golpe é desferido ao “Clube do não posso”. Assim sendo, o cristão revestido do poder do Espírito, pode dominar qualquer pecado. Ele o faz substituindo uma lei por outra: Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte (Romanos 8:2).

Como uma máquina que pesa quase duzentas toneladas pode desafiar a lei da gravidade? Alguém diria: impossível! Todavia, é claro que é possível, mas usando uma lei superior. Quando você entra em um avião para ir de uma cidade à outra, você o faz pela fé na lei da aerodinâmica, com plena confiança de que alcançará o seu destino e de que a gravidade não manterá aquela máquina de voo grudada ao solo.

Quando, por fé, você entrega a sua vida ao controle do Espírito, as declarações de “não posso” deixam de afetar a sua vida. Ao enviar Deus o seu Espírito, Ele te proporcionou poder e, agora, você já não é mais escravizado pela lei do pecado, posto que a lei da liberdade veio para ficar. Com isto, “o não posso” se converteu em “posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13). Glória a Deus!

Momento de reflexão: Estamos em Cristo, e por esta razão, gozamos do poder e da liberdade que o Espírito Santo nos outorgou. Parece, no entanto, que muitos cristãos não sabem dessa realidade. Quantas vezes você já disse: “Não posso! Não consigo!” Essa condição negativa, porém, na vida de quem nasceu de novo, já foi deletada pelo poder de Deus. Pense a respeito!

Em Cristo Jesus,

Pr. Natanael Gonçalves

share

Recommended Posts