A mensagem da Sabedoria.


by

Grita na rua a Sabedoria, nas praças, levanta a voz; do alto dos muros clama, à entrada das portas e nas cidades profere as suas palavras (Provérbios 1:20-21 – ler 20-33).

De que maneira a Sabedoria se comunica? Numa voz alta e clara que pode ser ouvida por todos! Por meio da criação (Romanos 10:18; Salmo 19:1-4) e da consciência (Romanos 2:14-16), “porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou” (Romanos 1:19). A Igreja é incumbida de transmitir a mensagem do evangelho, de modo que todos possam ouvir, crer e ser salvos. Onde a Sabedoria fala? Nas ruas cheias de gente e nos lugares públicos onde pessoas atarefadas se reúnem para cuidar de seus negócios. A verdade de Deus é destinada a todos, não a uma pequena elite; devemos compartilhá-la “na rua, nas praças, do alto dos muros, à entrada das portas e nas cidades” (Provérbios 1:20,21). Não importa onde as pessoas estejam, precisam ouvir o chamado da Sabedoria. A quem a Sabedoria se dirige? A três tipos de pecadores: aos néscios, aos escarnecedores e aos loucos (v. 22). Os néscios são pessoas ingênuas que creem em qualquer coisa (Provérbios 14:15), mas que não examinam coisa alguma. São crédulos e se deixam desviar facilmente. Os escarnecedores pensam que sabem tudo e se riem de coisas que, na verdade, são importantes. Enquanto o néscio tem um olhar perdido, o escarnecedor tem os olhos cheios de sarcasmo. Os loucos são pessoas ignorantes da verdade por causa de sua estupidez e obstinação. Não se trata de um Qi baixo nem de falta de escolaridade; seu problema é falta de desejo espiritual de buscar e de encontrar a sabedoria de Deus. Os loucos gostam de sua insensatez, mas não sabem como são, de fato, imbecis! Sua visão de mundo é puramente materialista e humanista. Detestam o conhecimento e não têm interesse algum nas coisas eternas. O que a Sabedoria lhes diz? Em primeiro lugar, apresenta acusações contra eles (Provérbios 1:22) e pergunta por quanto tempo planejam permanecer em sua situação espiritual perigosa. A Sabedoria lhes falou repetidamente, mas se recusaram a ouvir. Por isso, seu julgamento será ainda mais severo.

A Sabedoria faz um convite a que deixem seus caminhos maus e recebam as dádivas que ela oferece (Provérbios 1:23). Trata-se de um convite ao arrependimento e à fé. Ela promete transformar o coração deles e ensinar-lhes a sabedoria de Deus, que vem de Sua Palavra. De que maneira os néscios, escarnecedores e loucos respondem à Sabedoria? Recusam-se a obedecer à sua voz; não aceitam sua mão estendida; riem de suas advertências e zombam de suas palavras. Observe o uso da palavra “também” no versículo 26. Tendo em vista que riram da sabedoria, um dia ela rirá deles, e porque zombaram da Sabedoria, um dia ela também zombará deles. A sabedoria vê uma tempestade de julgamento que trará consigo aflição e angústia a todos os que rejeitaram o convite de Deus. Quando esse julgamento chegar, os pecadores clamarão ao Senhor, mas será tarde demais. Por isso, “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55:6). Os pecadores colherão aquilo que semearam. “Portanto, comerão do fruto do seu procedimento e dos seus próprios conselhos se fartarão” (Provérbios 1:31). Não deram ouvidos à verdade (2 Timóteo 4:4) e se contentaram em acreditar em mentiras. Ao contrário do julgamento prometido aos incrédulos, a Sabedoria promete segurança e paz àqueles que lhe derem ouvidos e que obedecerem a ela (Provérbios 1:33). 

Momento de Reflexão: Nossos ouvidos estão prontos a ouvir à Sabedoria? Quantos estão na igreja, mas não abrem os seus ouvidos. É preciso atentar para a exortação do Senhor no final de cada carta enviada às sete igrejas, em Apocalipse 2 e 3: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito diz às igrejas.” Por último, o ouvir significa pôr em prática o que ouviu. Você está escutando ou ouvindo? 

Que o Senhor te abençoe! 

Pr. Natanael Gonçalves

share

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.