A pergunta que muda o futuro.


by

Depois, trazendo-os para fora, disse: Senhores, que devo fazer para que seja salvo? (Atos 16.30 – ler 16-30).

A pergunta que consta no texto acima, foi feita por alguém envolvido em certas circunstâncias causadas por Deus. Examinemos rapidamente a passagem. O pano de fundo que envolveu a questão formulada pelo carcereiro de Filipos, nos mostra sua preocupação com a fuga dos presos (verso 27). Não obstante, seus olhos estavam postos em Paulo e Silas. Naquele momento, já não possuía nenhum temor de que, aqueles dois presos que lhe haviam sido confiados, escapassem. Diante dos acontecimentos, sabia que as correntes mais pesadas e sólidas, como também as portas mais firmes, de nada adiantariam contra o poder do Deus daqueles dois homens. Por tudo o que envolvia aquele episódio, o responsável pela cadeia enxergava que Paulo e Silas possuíam a resposta à pergunta que mais lhe interessava, e sendo assim, os conduziu para fora da prisão.

Não sabemos até que ponto o carcereiro conhecia a mensagem que os missionários estavam pregando na cidade. O que sabemos é que conhecia a acusação formulada contra eles pelos donos da escrava que havia sido liberta dos espíritos malignos (Atos 16:16-18). Aquela mulher, antes de ser libertada pelo poder de Deus, anunciava a quem desejava ouvir que aqueles dois, além de servos do Deus Altíssimo, pregavam a mensagem de salvação. Era isto que interessava profundamente ao carcereiro.

As palavras de Paulo após o terremoto naquela noite, salvaram a vida do homem responsável por aquela penitenciária, todavia, agora, ele queria conhecer algo mais em relação à sua salvação pessoal, por isso a pergunta concreta: Senhores, que devo fazer para que seja salvo? De modo muito respeitoso essa pergunta foi dirigida aos presos, chamando-os de senhores. A mudança de atitude do carcereiro é evidente, posto que Deus havia feito um milagre que o conduziu à necessidade de saber o que devia fazer para ser salvo. Observe que não era o carcereiro que buscava a Deus e a forma de alcançar a salvação, mas Deus, em Sua graça e misericórdia, é que o buscava e preparava o seu coração para a fé.

Para terminar, vemos pelas Escrituras que Deus está sempre em busca do homem, e essa história registrada no livro de Atos, nos leva a refletir sobre o tema. O Senhor proporcionou a salvação e a oferece a todos, sem distinção. Ele, todavia, o faz por meio de seus filhos, homens e mulheres que, por amarem a Deus, amam também aqueles que estão perdidos. Certamente há um número incontável de pessoas que não conhecem o Deus verdadeiro, mas estão perguntando de forma individual: “o que devo fazer para ser salvo?”  Assim sendo, a indagação para reflexão é: quem se dispõe a ser um missionário e levar a resposta aos perdidos? Eles podem estar perto de você. Podem estar na família, na vizinhança, ou no trabalho, isto é, apenas à distância de um toque. Pense sobre isso!

No amor de Deus,

Pr. Natanael Gonçalves

share

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.