Amizade e companheirismo com Deus.


by

Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti (Salmo 119:11).

Ele, porém, se retirava para lugares solitários e orava (Lucas 5:16).

Como posso andar diariamente em comunhão com Deus, se não esquadrinho a Sua Palavra e ouço a Sua voz? Enquanto estava em sua vida terrena, dependendo exclusivamente de Deus, o Senhor manteve uma comunhão inabalável com o Pai através das Sagradas Escrituras e da oração. Jesus é o meu exemplo, e devo manter comunhão com Deus estudando todos os dias a Sua Palavra. Quando abro a minha Bíblia, ouço a Sua voz falando comigo. Quando falo, Ele me ouve. Interessante o registro feito por Davi no Salmo 5.3: De manhã, SENHOR, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando. Um tempo de silêncio e oração, nas primeiras horas do dia, talvez antes de qualquer outra atividade, seja a coisa mais essencial para a comunhão com Deus. Precisamos entrar em Sua presença com louvor, adoração, oração e intercessão. Embora eu possa seguir o exemplo de homens de oração, todavia, meu exemplo é Jesus. Ele foi um homem de oração, e, portanto, nosso exemplo supremo.

Os resultados de uma estreita comunhão com Deus são alcançados na medida em que O buscamos de forma crescente. Você já pensou no privilégio de Enoque? Gênesis 5:22, nos diz que ele andou com Deus. Esta bênção também pode ser daquele que busca a face do Pai (Mateus 7:8). A comunhão com Deus é algo que nos faz sentir, se é que posso dizer assim, um gostoso afago. É como um pai amoroso que afaga seu filho e o abraça com amor. Tal filho desfruta desse momento com um coração desejoso de nunca mais sair dali. Esse tipo de comunhão foi programado para que pudéssemos desfrutar dela, eternamente. Sim, comunhão com o Pai, com o Filho e com o Espírito Santo (1 João 1:3). Esta é a nossa porção eterna. A oração pode terminar, mas a comunhão; nunca.

Termino com um pequeno poema anônimo: “Habita no profundo, minha alma. Recuse ficar na superfície. Se aprofunde no pensamento, no propósito, no desejo e na vontade. Se aprofunde em Deus, pois Sua presença santifica. Deixe-o encher completamente o seu interior”. Esta experiência de companheirismo com Deus, nos preservará em todas as circunstâncias da vida, e tudo, para o louvor da Sua glória. Reflita sobre isso!

No amor de Cristo Jesus,

Pr. Natanael Gonçalves

share

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *